Forum Informática
Para ter acesso às demais áreas do fórum e para esclarecer as suas dúvidas de melhor forma, além de obter conteúdo exclusivo, por favor faça o registo no nosso fórum.

Com esse registo pode interagir melhor com a comunidade, fazer amizades e consequentemente jogar com elas, obter mais dicas e guias sobre o Projecto da Pro-Programming e saber mais sobres os grupos Portugueses.

Não perca tempo, faça já o seu registo!

© Fórum Pro-Programming

Hardware para principiantes / Parte-4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hardware para principiantes / Parte-4

Mensagem  N|Z em Dom Maio 31, 2009 8:13 pm



Hardware para principiantes

Motherboard

Esta é a placa mais importante do computador. Para que um PC seja rápido e confiável, é preciso que use uma motherboard de alto desempenho e alta qualidade.

A motherboard “é” o computador

Não existiriam PCs de baixa qualidade se os utilizadores soubessem disso. É correto dizer que a motherboard é a mais importante do computador, mas poderíamos ir ainda mais longe e dizer que um computador não é nada mais do que uma motherboard dentro de uma caixa metálica e com alguns dispositivos ligados ao seu redor. Na motherboard ficam localizados o processador, a memória, várias interfaces e circuitos importantes. Praticamente todo o trabalho do computador é realizado por esta placa e seus componentes. Portanto usar uma motherboard de baixa qualidade perde-se todo o desempenho do computador.

Influência da motherboard no desempenho do PC

A maioria dos utilizadores deseja um computador de alto desempenho. Por isso podem eventualmente pagar um pouco mais caro por um processador mais veloz, escolhendo, por exemplo, um Quad core 6600 ao invés de um Pentium IV. O processador é o maior responsável pelo desempenho de um computador, mas ele não é o único. Se a motherboard não tiver também um desempenho adequado, ela acabará prejudicando o desempenho do próprio processador.

Slots para expansão

Sobre as motherboards, fazemos o encaixe das placas de expansão. São placas de vídeo, placas de som, placas de modem, placas de interface de rede, placas controladoras SCSI e várias outras menos comuns. Nem sempre um PC tem todas essas placas. Em geral os PCs mais simples usam menos placas de expansão, enquanto os mais sofisticados usam mais. As placas de expansão ficam encaixadas em conectores chamados de “slots”.

Os três principais tipos de slot são: PCI, AGP, ISA e PCI-Express. Os slots PCI são os encontrados em maior quantidade. A maioria das atuais motherboards utiliza este padrão. Normalmente as motherboards possuem três ou quatro slots PCI. Algumas os possuem em maior número, outras em menor. O outro tipo de slot encontrado nas motherboards um pouco modernas é o do tipo AGP. Este slot é muito parecido com o PCI, mas opera com velocidade bem mais elevada. É usado para a instalação de uma placa de vídeo 3D padrão AGP, de alto desempenho. Encontramos os slots ISA, que são os mais antigos. Este tipo de slot é encontrado nos PCs desde o início dos anos 80. São obsoletos, mas por questões de compatibilidade foram mantidos nas placas de CPU, até pouco tempo. Por volta de 1995 encontrávamos nas placas de CPU, em média 3 slots ISA e 4 slots PCI. Mais recentemente os slots ISA passaram a ser mais raros, muitas placas possuem apenas um ou dois deles. Já existem várias placas de CPU que aboliram totalmente os slots ISA. Os slots PCI-Express são os mais recentes o que requer uma boa motherboard pois varia numa velocidade 1x a 32x, sendo que na actualidade só existe até 16x, este slot foi criado para substituir o slot AGP x8. Existe ainda um quarto tipo de slot, o chamado AMR (Audio Modem Riser).

Interfaces da motherboard

A maioria dos dispositivos existentes em um computador necessita de uma interface. A interface é um circuito que permite ao processador comunicar-se com esses dispositivos. Por exemplo, um teclado não pode enviar dados diretamente para o processador. Esta passagem de dados é feita através de um circuito chamado “interface de teclado”, que fica localizado na motherboard. Algumas interfaces são placas inteiras, como por exemplo a placa de vídeo. Ela não é nada mais que uma interface que serve para enviar dados para o monitor.
Todas as motherboard possuem as interfaces descritas abaixo.

a) Interface de teclado


Conector fica localizado na parte traseira da motherboard, que corresponde à parte traseira da Torre. Existem dois tipos de conectores de teclado: os antigos, chamados padrão DIN, e os novos, de menor tamanho, chamados padrão PS/2.


b) Interface para alti falante


Liga a motherboard ao pequeno alti falante localizado na parte frontal da torre do PC. Os sons gerados por este alti falante são bem simples, bem inferiores aos sofisticados sons emitidos pelos alti falantes ligados na placa de som. Algumas motherboard possuem embutido um pequeno alti falante (buzzer), dispensando portanto o alti falante existente na torre.


c) Interfaces seriais


Seus conectores também ficam localizados na parte traseira do computador. As duas interfaces series (normalmente chamadas de COM1 e COM2) servem para ligar diversos tipos de dispositivos seriais, como por exemplo, o mouse.


d) Interface paralela


O conector desta interface também fica localizado na parte traseira do computador. Esta interface é em geral usada para a conexão da impressora.


e) Interface para mouse PS/2


Existem três tipos de mouse. O primeiro é o chamado mouse serial, que deve ser ligado em uma das interfaces seriais, normalmente a COM1. O outro tipo de mouse é o padrão PS/2. Praticamente todas as placas de CPU modernas possuem este tipo de interface. Desta forma as interfaces COM1 e COM2 ficam livres para outros tipos de conexão. O terceiro tipo de mouse, mais recente e mais utilizado é por USB.


f) Interfaces USB


Praticamente todas as motherboard actuais possuem mais de duas interfaces USB (Universal Serial Bus). Este tipo de interface permite conectar diversos tipos de dispositivos, como teclado, mouse, joystick, impressora,discos externos, scanners, etc. Uma interface USB permite conectar até 128 dispositivos. Existem planos da indústria para eliminar nos próximos anos, as interfaces seriais, paralelas, de joystick, de teclado e de mouse PS/2, usando no seu lugar, as interfaces USB.


g) Interfaces IDE e SATA


Todas as motherboard atuais possuem duas interfaces IDE e duas SATA. Em cada uma delas podemos ligar dois dispositivos IDE, por exemplo, um disco rígido e um drive de CD-ROM. Na interface SATA podemos colocar dois discos SATA.
Há muitos anos atrás, a maioria dessas interfaces não era localizada na motherboard, e sim em placas de expansão. Vários motivos levaram os fabricantes a transferi-las para a placa de CPU. Redução de custos e aumento de desempenho são as principais. Uma interface IDE localizada na motherboard, por exemplo, tem condições de transferir dados mais rapidamente que uma interface equivalente porém localizada em uma placa de expansão. Outra questão é a simplicidade.

Novas interfaces onboard

O termo onboard significa na placa. Ao longo dos anos 90, várias interfaces que eram localizadas em placas de expansão foram aos poucos transferidas, com vantagens, para a motherboard. Tanto era vantagem esta transferência que as antigas placas de expansão que utilizavam essas interfaces deixaram de ser produzidas. Não encontramos no mercado, placas de expansão com interface para disquetes, interfaces seriais, paralelas e interfaces IDE.
No final dos anos 90, uma nova onda de transferências de interfaces para a motherboard começou. Inicialmente surgiram motherboard com circuitos de som. Logo alguns fabricantes passaram a produzir chips sonoros de baixíssimo custo para serem usados nessas placas. Eram as chamadas “placas de CPU com som onboard”. Pouco depois foram produzidos chips gráficos de baixo custo para o uso em placas de CPU. Eram as placas de CPU com “vídeo onboard”. As primeiras dessas placas, o chip gráfico possuía sua própria memória de vídeo, depois passaram a utilizar parte da memória que era destinada ao processador. São muitos os modelos de motherboard de baixo custo (e baixo desempenho) com som e vídeo onboard. Existem ainda alguns modelos que possuem além de som e vídeo, os circuitos de modem e interface de rede onboard.
As motherboard com “tudo onboard” destinam-se a serem usadas em PCs de baixo custo e baixo desempenho. A maioria delas destina-se aos países do terceiro mundo. Um PC de 500 MHz com tudo onboard acaba tendo desempenho equivalente ao de um PC de 200 MHz com placas de expansão de verdade. É muito comum o caso de utilizadores que trocam um PC de 1997, com 166 ou 200 MHz por um modelo novo de 500 ou 550 MHz e percebem que o desempenho é bem similar, ou até menor que o do seu antigo PC.

Fabricantes de motherboards

Existem algumas dezenas de fabricantes famosos de motherboard. Existem centenas de outros menos famosos, normalmente produzindo placas “sem nome”. Fuja dessas placas sem nome. Entre os melhores fabricantes de placas que podem ser encontradas, cito a Intel, Asus e ASRock. Também são de qualidade bastante satisfatória as placas Gigabyte e FIC. Existem outras marcas de primeira linha que infelizmente não são encontradas com facilidade no mercado nacional.

Código:
Créditos: http://www.pplware.com/

N|Z
Admin

Mensagens : 136
Data de inscrição : 11/04/2009

http://pro-programming.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum