Forum Informática
Para ter acesso às demais áreas do fórum e para esclarecer as suas dúvidas de melhor forma, além de obter conteúdo exclusivo, por favor faça o registo no nosso fórum.

Com esse registo pode interagir melhor com a comunidade, fazer amizades e consequentemente jogar com elas, obter mais dicas e guias sobre o Projecto da Pro-Programming e saber mais sobres os grupos Portugueses.

Não perca tempo, faça já o seu registo!

© Fórum Pro-Programming

Hardware para principiantes / Parte-3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hardware para principiantes / Parte-3

Mensagem  N|Z em Dom Maio 31, 2009 8:05 pm



Hardware para principiantes

Velocidade de um disco rígido

Um disco rígido moderno precisa, além de ter uma elevada capacidade, ter também uma grande velocidade. Em outras palavras, é preciso que o disco seja capaz de ler e gravar dados no menor tempo possível. A velocidade de um disco rígido depende de três fatores:
a) Tempo de acesso
b) Taxa de transferência interna
c) Taxa de transferência externa

Quando o computador procura um arquivo no disco, ele precisa primeiro acessá-los, ou seja, mover as cabeças até o local onde este ficheiro está armazenado, para então fazer a transferência. Portanto as cabeças precisam se mover rapidamente. O tempo médio de acesso é aproximadamente igual ao tempo necessário para mover as cabeças do início até o meio do disco. Este ponto médio é tomado como referência porque alguns ficheiros podem estar no início do disco, outros podem estar no final, portanto o meio do disco representa uma média estatística aceitável. Felizmente todos os discos rígidos têm tempos de acesso pequenos, inferiores a 15 ms (milésimos de segundo). Discos de desempenho modesto possuem tempos de acesso entre 10 e 15 ms. Já os de maior desempenho apresentam tempos de acesso entre 20 e 25 ms.
À primeira vista pode parecer que 20 ms é tão bom quanto um de 5 ms. Afinal, que diferença fazem alguns milésimos de segundo a mais ou a menos? Este raciocínio estava correto no passado, quando os programas usavam pouquíssimos arquivos. Os programas modernos acessam um número de arquivos muito maior. O Windows tem mais de 5.000 ficheiros, e muitos deles são acessados durante o boot. Durante o uso normal, programas acessam ficheiros às centenas. Poucos milésimos de segundo transformam-se então em muitos segundos a mais no tempo total de operação.
O segundo factor de desempenho de um disco rígido é a sua taxa de transferência interna. Ela representa a velocidade na qual os dados são lidos ou gravados na mídia. Nas operações de leitura, os dados são inicialmente transferidos da mídia para uma memória localizada no disco rígido, chamada buffer ou cache de disco. A taxa de transferência interna mede a velocidade na qual os dados são lidos da mídia para esta memória, ou são gravados desta memória para a mídia. Discos com maior velocidade de rotação normalmente possuem maior taxa de transferência interna.
O terceiro factor ligado ao desempenho de um disco rígido é a sua taxa de transferência externa. Representa a velocidade na qual os dados são transferidos entre a memória interna do disco rígido (cache ou buffer de disco) e a memória da placa de CPU. Todos os discos modernos apresentam taxas de transferência externa elevadas. Isto é válido tanto para os modelos mais simples de desempenho modesto, como para os de maior desempenho.

Interfaces para discos rígidos: IDE, SCSI e SATA


Tudo o que falamos até agora aplica-se aos discos chamados de IDE (ou ATA), que são usados em alguns PCs. A princípio qualquer disco IDE moderno é adequado a qualquer PC simples, e mesmo para os PCs voltados para jogos. Já os PCs de alto desempenho para uso profissional devem usar HDs com menor tempo de acesso e maior velocidade de rotação (que resulta em maior taxa de transferência interna). Discos IDE de alto desempenho, mas existe uma opção ainda mais veloz, que são os discos SATA.
Todas as motherboards atuais possuem pelo menos duas interfaces IDE. Normalmente ligamos nessas interfaces o disco rígido e o drive de CD-ROM, que também é IDE. Como cada interface IDE permite ligar dois dispositivos, temos capacidade de instalar até quatro dispositivos IDE. Isto pode ser bastante útil para futuras expansões. Temos também os discos Sata que têm duas ou mais interfaces na motherboard, que possibilita ligar o(s) disco(s).

Backup dos dados importantes

Um disco rígido em geral tem muitas informações que podem ser apagadas sem causar prejuízos. Por exemplo, se um programa for acidentalmente apagado, basta instalá-lo novamente. Por outro lado, certas informações ao serem apagadas poderão causar um grande prejuízo. Quanto mais se o computador for usado para trabalho (não para lazer, diversão ou ferramenta de consulta), maior será o prejuízo quando seus dados são perdidos.
Qualquer computador corre o risco de perda de dados do disco rígido. Um vírus, por exemplo, pode chegar ao computador através da Internet, disquete, pen contaminada. Felizmente existem métodos de precaução para este problema, mas a maioria dos utilizadores não os utiliza. Não é um problema comum, mas qualquer aparelho eletrônico tem um pequeno risco para apresentar defeito. Discos rígidos não se consertam, não existem equipamentos apropriados nem peças de reposição, apesar de alguns técnicos talentosos fazerem recuperação em alguns casos.
O utilizador que tem dados importantes no seu disco rígido não pode correr o risco de os perder. Precisa fazer backups periódicos, ou seja, cópias de segurança dos seus dados importantes. Quando a quantidade de dados é pequena, como por exemplo, textos, trabalhos ou arquivos gráficos de pequeno tamanho, os DVD´s e Pen´s são adequados para as operações de backup. Quando o utilizador trabalha com arquivos grandes, outros dispositivos de backup com maior capacidade devem ser usados, o gravador de DVDs.

Fabricantes de discos rígidos

Existem vários fabricantes de discos rígidos, mas nem todas as marcas estão disponíveis em Portugal. O que existem são empresas que importam os discos e os revendem. Os principais fabricantes são Quantum, Seagate, Western Digital, Maxtor, Fujitsu, Samsung e IBM.

Código:
Créditos: http://www.pplware.com/

N|Z
Admin

Mensagens : 136
Data de inscrição : 11/04/2009

http://pro-programming.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum